SEMPRE MÚSICA . . .

domingo, 9 de dezembro de 2007

[] Eartha Kitt, a Eterna !

Não por ter feito 80 anos no início de 2007, mas por ter “sobrevivido” com garbo e dignidade a todos os modismos, todos os “ups & downs” de sua vida artística, situações políticas, sociais e raciais.

Eterna por ainda estar aí, mais viva e mais gostada do que nunca, fazendo um show no Carnegie Hall para comemorar seu octagésimo aniversário... o que = convenhamos = não é tão pouco assim.

Chegar a esta idade, com todo o gás, toda a disposição e energia, mantendo seu estilo único seja lá cantando o que for, desde uma tradicional canção natalina como uma música das boates mais européias, passando por “standards” de jazz e não se descaracterizar nem 1 milímetro, é façanha para poucos, muito poucos...

Atriz, estreiou no cinema em 1948 em “Casbah” e em 1950 Orson Welles lhe deu o papel de Helena de Tróia em “Dr.Faustus”

Também muito conhecida e lembrada como a eterna “mulher-gato” do seriado “Batman” dos anos 60.

Talvez pelo seu estilo agressivo e de figura ímpar, tenha se tornado um dos ícones gays mais cultuados nos Estados Unidos e fora deles; especialmente na Inglaterra e França, onde é considerada uma “pessoa de casa”, pela simpatia e pelas longas temporadas passadas por lá.
Trabalhando ou simplesmente em férias...

Ativista política vive fazendo manifestações em shows e fora deles contra o que considera injusto.

Faz incansavelmente shows beneficentes pró causas como HIV, pesquisas científicas e contra as discriminações sexuais e raciais.

Na época “disco” gravou vários músicas para serem tocadas e dançadas no mundo inteiro, e colocou na parada de sucessos vários hits remixados extremamente dançantes. Tudo isto com muita simpatia, muita garra e uma vitalidade como se tivesse apenas 20 anos... Eartha é solidária e cúmplice de todos os movimentos para uma melhor qualidade de vida.

“Eartha Kitt Back in Business” :

@ Back in business
@ Let’s Misbehave
@ Solitude
@ Why can’t I
@ Ain’t misbehavin’
@ The nearness of you
@ Close enough for love
@ Brother, can you spare a dime ?
@ Angelitos negros
@ Moon River
@ Speak low
@ Here’s to life

Eartha teve apenas uma filha, de quem tem um casal de netos.
Leva uma vida doméstica, perto da família, mas sem perder espetáculos teatrais, shows de colegas e continua gravando e se apresentando, sempre lotando os locais por onde canta.

Se Donna Summer fosse mais inteligente, poderia chegar a esta idade como Eartha chegou, e trilhar um caminho parecido...

[não pude dar o crédito do autor da caricatura pois não foi citado na fonte...sorry!]

2 comentários:

otavio disse...

Nada mais Eartha Kitt do que este desenho. Muito legal!

odilon disse...

Realmente quem assiste e acompanha o visual desta senhora não associa a uma vida doméstica.