SEMPRE MÚSICA . . .

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

[] Carol Sloane

É uma pena que tanta gente boa no chamado “mundo artístico” seja desconhecida aqui no Brasil.

Carol Sloane é um bom exemplo disto. Dona de um timbre vocal bem peculiar, rouco e com um “vibrato” grave, ainda não teve nenhum de seus discos lançados aqui em edição nacional.

Nascida em 1937, teve sua primeira apresentação em 1953, cantando numa "band" de música dançante em sua cidade natal, Providence.

Mas o Jazz estava de olho em Carol desde a idade de 14 anos...quando ela completou 21 anos em 1958 Larry Elgar convidou-a para cantar com sua orquestra, e após 2 anos de estrada, conseguiu um lugar de destaque para si mesmo, como solista em Newport.

A revista “Down Beat” considerou este fato como “o nascimento de uma importante cantora nova”.
A gravadora Columbia contratou-a e traçou para ela importantes aparições em shows de tv, apresentações nos maiores “nightclubs” da cidade.
No final dos anos 60 o rock & roll dominava a cena e vários clubes noturnos mudaram de gênero musical.

Carol parou de cantar e arranjou um trabalho de crítica musical na “Down Beat”. Logo após, trabalhou como secretária e em 1977 retornou a Nova York e achou que sua carreira estava acabada.

Foi um longo e vagaroso retorno deste período negro até que em 1988 o selo “Contemporary” contratou-a para 2 álbuns.

Em 1990 apresentou-se no “Fujitsu-Concord Jazz Fetival” no Japão, e o sucesso foi inevitável...
Hoje continua gravando e sendo convidada para manifestações importantes e eventos musicais.

“When I Look in Your Eyes” é um disco de Carol que eu particularmente gosto muito, principalmente porque ela canta algumas das minhas músicas preferidas, que eu já conhecia com outros artistas...

@ Give me the simple life
@ Isn’t this a lovely day
@ Midnight sun
@ Take your shoes off, baby
@ I didn’t know about you
@ Soon
@ Old devil moon
@ Let’s face the music and dance
@ Something Cool
@ Tulip or Turnip
@ I was telling him about you
@ When I look in your eyes
@ Will you still be mine ?

Os acompanhamentos são de piano//baixo//bateria e guitarra. A gravação é de 1994 e o selo “Concord Jazz”.

3 comentários:

Otávio disse...

Esta com certeza eu não conheço. Esta capa maravilhosa não passou pelas minhas mãos. Aguardo apresentações

odilon disse...

Sem dúvida este seu trabalho de formiguinha, divulgando nomes desconhecidos do grande público vai dar resultados. Esta é um grande exemplo. Já estou escutando o cd.

Fora a produção visual do disco (que antigo)que é muito boa também. Acho que está na hora da gente fazer uma grande divulgação do seu blog. Aguarde!

Adriana disse...

Você agora foi fundo.Minha cantarolava SOON,pois não fala inglês.Achei que ninguén a conhecesse