SEMPRE MÚSICA . . .

sexta-feira, 2 de maio de 2008

[] Indispensável Dolores . . .

No dia 03 de abril eu postei um texto sobre Dolores Duran, de uma maneira mais ampla, sobre sua carreira, e situando a cantora no cenário musical...

A postagem de hoje é especificamente sobre esta bela e merecida homenagem que foi feita, “DOLORES – A Música de Dolores Duran”.

Na minha opinião, esta é a primeira homenagem de qualidade que foi feita à grande Dolores, a começar pela apresentação do cd, num excelente trabalho gráfico, a foto da capa parece atualíssima, tirada ontem...

O disco tem estampado um close do rosto dela, com um olhar expressivo e surpreendentemente moderno; sim, eu às vezes me surpreendo com o cuidado e a qualidade de alguns lançamentos, de algumas gravadoras.

Principalmente nesta época de pressa, veloz, de “fast-food” musical,
quando algumas gravadoras numa falta de respeito absurda com o público consumidor, que está se tornando crônica, não chegam nem a informar o ano da gravação ou do lançamento de alguns discos.

Nunca entendi direito este descaso, esta omissão. Custa muito colocar uma simples data num cantinho do cd? Isto iria aumentar o custo do produto?

No blocket que acompanha o cd, feito num papel de qualidade, entre tantas fotos uma me chamou a atenção em especial pois trata-se de um documento histórico-musical: na mesma fotografia, em clima de amizade e coleguismo, estão quatro de nossas grandes cantoras: Sylvinha Telles, Marisa Gata Mansa, Alaíde Costa e Dolores Duran.

Não é sempre que podemos ver uma reunião de nomes deste peso artístico e de importância no contar e cantar nossa história musical.

Vários cantores gravaram algumas das mais representativas obras de Dolores. Até sua irmã, Denise Duran, também cantora que havia interrompido sua carreira algum tempo atrás, aparece no disco cantando “Minha Toada”.

Denise Duran, para quem não sabe, é a mãe da cantora Izzy Gordon. Deu pra notar que o mal é de família, né?

E olhem só quem está no disco, e o que cantam:

01= A noite do meu bem // Leila Pinheiro + João Carlos Assis Brasil.
02= Olha o tempo passando // Célia
03= Castigo // Fagner
04= Por causa de você // Fafá de Belém
05= O que é que eu faço // Zezé Motta
06= Noite de Paz // Vânia Bastos
07= Ternura antiga // Alaíde Costa
08= Não me culpe // Claudette Soares
09= Solidão // Paulinho Moska
10= Fim de caso // Wanderléa
11= Estrada do sol // Tetê Espíndola
12= O negócio é amar // Cláudia Telles + Tito Madi
13= Leva-me contigo // Pery Ribeiro
14= Canção da volta // Cida Moreira
15= Se é por falta de adeus // Leny Andrade
16= Pela rua // Fátima Guedes
17= Idéias erradas // Carlos Navas
18= Tome continha de você // Doris Monteiro
19= Canção da tristeza // Jane Duboc + Keko Brandão
20= Se eu tiver // Toni Platão
21= Minha toada // Denise Duran

É um disco de excelente qualidade técnica e artística, de atmosfera intimista, com belíssimos e despojados arranjos, como pede a música de Dolores e como o fazem todos os que participaram deste projeto.

O disco foi produzido por Thiago Marques Luiz, a direção musical é de Ronaldo Rayol. [é sim, é irmão de Agnaldo Rayol]... Gravado em São Paulo nos estúdios “Lua Nova” em 2007 e distribuído por “Lua Music”. Para quem gosta de música brasileira, a boa música brasileira, este disco é indispensável.

E para quem gosta de Dolores Duran então, nem se fala...


2 comentários:

Dantas disse...

legal por aki
vamos nos linkar?

Adriana disse...

MAGNIFIC!!!!